Site Melhor Visualizado em 1024 x 768

 

Aguarde Carregar a Música

Texte alternatif


Aqui Você Ouve: Mar Aberto

Saiba onde tem o melhor preço antes de comprar
 
Saiba onde tem o melhor preço antes de comprar

Comprar Cds Originais do Jessé

           

...:: Clique Aqui e Pesquise Preços no Buscapé ::...

VEJA TAMBÉM
 

...:::  P R O M O Ç Õ E S :::...

Notebook

Compare Preços

Câmeras Digitais

Compare Preços

Livros

Compare Preços

Celular

Compare Preços

Automóveis

Compare Preços

Vídeo Game

Compare Preços

Mp4 / Ipod

Compare Preços

Impressoras

Compare Preços

Computadores

Compare Preços


CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E RECOMENDE A PÁGINA PARA SEUS AMIGOS

Clique Aqui e Adicione o Site do Jessé aos seus Favoritos


O cantor e compositor Jessé Florentino Santos nasceu em Niterói e foi criado em Brasília. Mudou-se para São Paulo, e atuou como crooner em boates. Depois, integrou os grupos Corrente de Força e Placa Luminosa, animando bailes por todo o Brasil. Ainda nos anos 70, também chegou a gravar em inglês com o pseudônimo de Tony Stevens, onde fez bastante sucesso com as musicas "Flying" e "If I Could Remember", musica essa que foi regravada a versão em português por Flavio Venturini e Caetano Veloso, entrando até como tema de novelas. Essa musica pode ser encontrado no disco Hits of Brazil, do extinto selo SBT Records. Foi revelado ao grande público em 1980, no Festival MPB Shell da Rede Globo com a música "Porto Solidão" (Zeca Bahia/ Ginko), seu maior sucesso, ganhando prêmio de melhor intérprete.
No outro ano, o Jessé, já famoso, chegou a participar do mesmo concurso, e acabou ganhando novamente como Melhor Intérprete, mas com a Música Estrela Reticente, que é uma de suas melhores músicas, onde ele conseguiu mostrar todo o seu potencial de voz.

 Em 83, ganhou o XII Festival da Canção Organização (ou Televisão Ibero-Americana) (OTI) realizado em Washington, com os prêmios:

• Melhor intérprete
• Melhor canção
• Melhor arranjo para "Estrelas de Papel" (Jessé/ Elifas Andreato).

De voz muito potente, no decorrer de sua carreira Jessé gravou 12 discos (com os álbuns duplos "O Sorriso ao Pé da Escada" e "Sobre Todas as Coisas") mas nunca conseguiu os louros da crítica especializada. Morreu aos 41 anos, no dia 29 de Março de 1993, na santa casa de Ourinhos (SP), após permanecer em coma profundo desde o dia 27, quando sofreu um grave acidente na Rodovia Raposo Tavares, na altura do quilômetro 486, entre os municípios de Assis e Paraguaçu Paulista. No mesmo acidente também estava a esposa do Jessé, a Rosana Kozzer, que estava grávida de três meses chegou a sobreviver, mas perdeu a criança.

Essa imagem abaixo foi feita pelo fã Felipe Alves, usando o programa Google Earth, e mostra o local exato do Triste Acidente. Clique na Miniatura para Ampliar

Os Órgãos do Jessé foram doados, e seu sepultamento foi dia 30 de Marco de 1993, onde reuniu os familiares e centenas de Fãs.

_________________________________________

Fonte: www.cliquemusic.com.br e www.estadao.com.br

e Minhas Pesquisas Pessoais